Uma Grimpa, quando bem manuseada, gera a reflexão através do fogo; também pode, em grandes medidas, incendiar um ambiente.

 
 

Promete acender altamente as vibrações de quem estará presente, e sendo o fogo aquilo que expande e transmuta, a ideia desse espaço foi concebida com a visão de ampliação de perspectivas, tanto sonoras quanto experimentais, visando sempre a expansão. Todos os artistas lhe conduzirão de maneira libertária, sempre dando vazão à expressão artística e aos sentimentos que os movem, demonstrando a música como forma de manifesto.

Tendo em suas ondas sonoras uma maior densidade, este palco traz um diálogo interno para quem o frequenta, dando espaço para exploração de novas vertentes musicais enquanto rompe dogmas impostos, vivenciando tudo através do movimento corporal.

 

Em breve você conhecerá as primeiras atrações!